sexta-feira, 17 de julho de 2009

Árvore do Amor


Árvore do amor

Tenho raízes que brotam em qualquer tipo de chão
Tenho galhos que me circundam de frescor
Tenho uma grandeza que sucumbe uma simples visão

Sou uma árvore de todas, a mais nativa
Sou aquela que com o vento semeia o mundo
Sou quem traz a claridade do sol e da lua de forma ativa

Muitos me chamam de minha vida
Muitos também me chamam de esperança
Muitos também acham que sou uma frase iludida

De tudo mais sou o vento
De tudo mais sou a alegria
De tudo mais sou o sentimento

Vim de uma planta da Sublime Criação
Vim de uma planta que cobre o mundo
Vim de uma planta nascida de um Grande Coração

E por onde minha sombra for
E por onde minhas sementes germinarem
Eu sempre semearei o Amor


Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...