domingo, 19 de julho de 2009

Porém...


Porém...

Sou um sonhador
Daqueles que sonha acordado
Sou um ser errante
Embora tenha um caminho “traçado”

Sou a ventania
Fazendo dançar a plantação
Sou a chuva fria
Que te traz uma boa recordação

Sou a poeira do deserto
Que te apresenta uma miragem
Sou o destino incerto
Da tua desejada viagem

Sou o pássaro que voa
Sobre o céu da tua imensidão
Sou a música triste que destoa
O teu frágil coração

Sou aquele beijo
Que você dá na palma da mão
Pra esconder o desejo
De me entregar teu coração

Porém...
Sou pura contradição
Uma hora o teu bem
Outra tua perdição

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...