sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Ternura



Ternura

Meus sonhos voam nas asas de um passarinho
E pousam nas tardes de verão ao seu lado
E no olhar: o amor que pra ti oferto.

Fernando Marques

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Valer




VALER

Meu coração é devoto
De tudo que o inspira
Chora de tristeza e alegria
Com todo ar que ele respira

Faz tempestade em copo d'agua
Ansioso por assim ser
Mas se arruma de saudade
Pra quem dá vida ao seu bater

É fiel e companheiro
Feito caneta e papel
Forte e sensível como os metais
Do bolero de ravel

Fernando Marques


domingo, 11 de agosto de 2013

Homens de Lata

Homens de Lata

Estamos no tempo onde precisamos de menos dedos pra se contar os amigos. Tempo em que uma pessoa que diz amar precisa fazer a outra chorar por auto-afirmação, mas a quem se ama não se faz chorar. 

Tempo em que as flores se tornaram caretas e menos jardins se cultivam...

Tempo em que as pessoas querem mudar o mundo, mas não conseguem sequer enxergar o seu...

Tempo em que as pessoas decorram discursos e por eles se afirmam dentro de sua in-significância pessoal...

Tempo em que o amor virou algo comercial e um tanto teatral...

Tempo que engole o bom dia e transforma gentileza em algo questionável ou não-livre...

Tempo que nos escondemos quando sentimos que um filme nos fará chorar, pois de todas as lágrimas que a emoção faz brotar nenhuma delas é superior a lágrima de um tempo que não canso de lembrar.

Fernando Marques

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Substantivo Feminino



Substantivo Feminino

Meu Deus, dizem ser loucura
Ficar imóvel no escuro
Escutando o som da escuridão
Enquanto outros vêem televisão
                  
Já não querem me permitir sorrir
Quando de um sonho bom acordar
Sejas nas altas horas de uma madrugada
Ou de uma tarde ensolarada

Se tiver que parar e analisar
O conceito de loucura*
Devo, dentro de mim, entender
Que já não sei mais o que escrever

Fernando Marques


*loucura
s. f.
1. Alienação mental.
2. Insensatez; imprudência.
3. Extravagância.
4. Doidice, acto descontrolado ou irreflectido.

 



Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...