domingo, 22 de julho de 2012

O que reluz

O que reluz

Tentei inúmeras vezes avisar ao meu coração
Que a palavra saudade quando nos faz chorar
É feito chuva de verão
Vento forte e tempestade que faz gente se amedrontar

Guerras, batalhas, conquista e fracasso
Fazem parte de qualquer viver
Mas na vida é impossível ter coração de aço
É impossível das janelas ficando vendo o mundo mover

E tem momentos que oramos pedindo a presença da razão
Mas o significado se perde no sequestro do querer
Embora fique na ausência ainda acreditamos naquela lição:
Faça por merecer!

Fernando Marques


Fugindo da verdade


Fugindo da verdade

Ela finge não me escutar
Dizendo já não me ter no seu coração
Mas ainda procura o meu cheiro
Na palma da sua mão

Ela diz: ser o fim
Mas nega com o olhar
Enquanto isso ficamos sofrendo
Com tanto tempo pra amar

Me liga!
Diz que nunca me esqueceu
E tente não se enganar
Dizendo que o seu amor não é meu

Os pássaros continuam cantando
Enquanto sinto a melodia dessa dor
Do amanhecer distante de você
Da falta do teu amor

Fernando Marques


quinta-feira, 5 de julho de 2012

Amores...


Amores...

Todos os dias colho amores doces e maduros
Fortes e sensíveis...
Envolventes como trepadeira
Amores que preenchem o ego
Que transbordam o coração
Amores carnais que queimam o fogo
Amores espirituais que acalmam a alma
O importante é viver colhendo e aprendendo a amar
Mesmo que um único amor seja seu perene fruto.

Fernando Marques

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...