segunda-feira, 20 de julho de 2009

Mandaram-me algo...


Mandaram-me algo sobre Gabriel Garcia Marquez, autor de Cem Anos de Solidão, que no conteúdo falava que envelhecemos cada vez que protelamos se apaixonar, então:


Então...
Consegui perceber
Nesse acordar
O peso de cada dia envelhecer
E da angústia de não me apaixonar
Escorrendo pela ladeira do sofrer
Por não ter Ela pra amar
Tenho medo de morrer
De nunca mais acordar
E hoje procuro entender
O que me faz acovardar
Lembrei de alguém que amei
Das lágrimas que derramei
Das vontades de me matar
Das noites que amanheci a chorar
Do livro: Cem Anos de Solidão
Lembrei de meus olhos tristonhos
Que da luz se escondiam
Lembrei que tive um sonho
Um sonho de família
De ter meus filhos
De ter “minha” mulher
Lembrei de quem sou
Lembrei do que fui
Lembrei que até mesmo você
Quem nem sei que é
Também tem os mesmos sonhos
Os mesmos medos
Então...
Voltei a minha solidão.

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...