terça-feira, 28 de julho de 2009

Acorda!


Acorda!

Vem meu amor
Abraçar-me com o dia
Sinta o calor
Nesse dia que se cria

Escute o galo cantando
Ao chegar do alvorecer
E o dia se apresentando
Até um novo anoitecer

Os passarinhos estão fazendo
Piruetas pelo ar
E muita gente nascendo
Pra esse mundo povoar

Muita gente despertando
Fazendo o mundo girar
E muitos se apresentando
Pra esse mundo comandar

Vem meu amor
Ver tamanha beleza
Do abrochar de uma flor
Pela mão da natureza

As flores se abrindo
Saudando o Rei-Sol
E uma flor sorrindo
Seu irmão girassol

Veja a formiga andando
Nesse alvorecer
Sempre trabalhando
Pra sua colônia prover

Escute o sabiá
Na campina soando
Melodias de encantar
Nesse canto nos abençoando

Vem meu amor
No meu corpo se roçar
Sentindo o fervor
Desse dia te chamar

Vamos à labuta
Mais um dia vencer
Vencendo com luta
Sem aos outros desmerecer

Venha ver a alegria
Daquela gente passando
Nessa manhã fria
Sempre perseverando

Substancie seu levantar
Sem precisar de ninguém
Pra junto pode somar
Do lado do seu bem

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...