segunda-feira, 20 de julho de 2009

O teu doce veneno


O teu doce veneno

Tua boca tem o veneno
Que me paralisa
Tua saliva é como o sereno
Que o meu corpo suaviza

De todas as bocas que beijei
Somente na tua
Eu completamente me entreguei
De alma nua

Quando você me adoça
Feito abelha no mel
A minha boca se enrosca
Entre as estrelas do céu

Esse veneno...
De tão paralisante
Torna o mundo pequeno
Deixando meu coração saltitante

Esse veneno é feito luz
Cintilando no escuro
Uma luz que me conduz
A um prazer que depuro

É feito chama
Que faz meu corpo arder
Pois tua boca sempre me chama
Querendo com o teu veneno me entorpecer


Fernando marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...