sábado, 18 de julho de 2009

Senhor do Mar


Senhor do Mar

Eu sou o Senhor do mar
Emergindo navios afundados
Pra mostrar ao mundo
Meus tesouros guardados

No canto da sereia
Eu venho te encantar
E o dorso da areia
Faço as ondas beijar

A cada embarcação
Que vem no mar navegar
Eu sou aquela mão
Que não a deixa afundar

Mas porém...
Se ela quiser me enfrentar
Pensando eu ser um ninguém
Rapidinho a faço afundar

Saibam respeitar
A minha grandeza
Pois o mar
É minha fortaleza

Alguns querem o mar sujar
Tentando deixá-lo maculado
E pra eu me vingar
Eu o cresço pra todo o lado

Do mar sou o Senhor
Do Senhor sou o mar
E pra onde você for
Terás que nele navegar

Sou infinito no teu olhar
Sucumbo você
Minha mulher é Iemanjá
Que oferendas tu vives a oferecer

Vivo a me encher
Vivo a me secar
Causo prazer
Causo penar

Mesmo no chão
Consigo te alcançar
Pois em qualquer direção
Sou a brisa a soprar

Parte de mim
Virou sertão
Mas mesmo assim
Continuo imensidão...

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...