segunda-feira, 20 de julho de 2009

Perdidamente Perdido


Perdidamente perdido

Adoro me perder nos caminhos
Da tua pele cheirosa e macia
E me encontrar em lugares
Que só fecundam a minha fantasia

Às vezes fico calado
Perplexo de tanto encantamento
Porque por mais que eu tente descrever
Estaria abaixo do racional julgamento

Sou o prazer do teu corpo
Envolvendo-me em mim mesmo
No teu corpo desvendo caminhos
Que me fazem delirar a esmo

Não há um só segundo
Onde eu tente me encontrar
Pois teu cheiro também me conduz
Ao que não sei explicar

Quando encontro teus lábios
Na desenhada verticalidade
Nas tuas bocas
Eu sou só insanidade

Quero você sempre por perto
A distância da minha mão
Assim você pode me guiar
Numa nova direção

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...