segunda-feira, 20 de julho de 2009

Um amor de verdade


Um amor de verdade

O verdadeiro amor nunca se desgasta
É como um violão
Que por mais que o tempo passe
Sempre extraí uma nova composição

O amor não fica fora de moda
Ele sempre é atemporal
E as pessoas ele sempre dá
A felicidade como aval

Que o mundo mude ao nosso redor
Mas o amor
Sempre existirá
Como benção do Criador

Ele é a ligação
Entre o corpo e a alma
Entre o sonho e a realidade
Só ele nos acalma

Sem amor
Somos apenas tempestivos
Fingindo sorrisos
Que nos servem de lenitivos

É como acordar
Do lado de um placebo amor:
Uma invisível lágrima caí
Num bom dia de um ator

Já quando acordamos
Do lado de um verdadeiro amor
Antes de um bom dia dizemos:
Obrigado meu Senhor


Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...