segunda-feira, 20 de julho de 2009

É assim


É assim

Vejo-a tirando a calcinha
Lentamente, docemente
Vendo você toda minha
Perdidamente...

Por ti fico encantado
Preso nessa visão
Sentindo o corpo acelerado
Entregue a essa paixão

Vou refazendo teus caminhos
Deixando o meu recado
Despertando seus carinhos
Tornando-me teu pecado

É assim o meu por ti desejo
Que me prende a você
Quando olho pra ti e vejo
Tua boca se morder

Procuras teu trono
Que te permitas voar
Encontrando o teu dono
Que te leva pra passear

Renda-se ao prazer
Deixe teu corpo vagar
E quando Ele começar a gemer
Se permita delirar

É assim o nosso ritual
O nosso grito de amor
É o que me tira do mundo real
Deixando teus lábios em flor

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...