quarta-feira, 7 de julho de 2010

Quando uma Fada Chora


Quando uma fada chora

No canteiro das rosas
Vi uma fadinha chorar
E as pétalas das rosas serviam
Para seu choro enxugar

As rosas se abriam
Pra exalarem seu aroma
Tentando assim disfarçar
A tristeza que a toma

A grama do canteiro
Escondia sua tristeza
Já o sol tentava
Mostrar a sua grandeza

Fadinha...
Porque você chora?
Pois você é a magia
Que nos encanta de hora em hora

Você nesse mundo representa
A fada do amor
Então por favor, me fale
O motivo dessa dor


Sou a fadinha
Que a todos traz a alegria
Mas as vezes me pergunto
Onde está a minha alegria?

Eu não reclamo
Apenas eu também quero
Um amor pra amar
E por isso me desespero

Encontrei nesse lugar
A quem vocês chamam de jardim
Um lugar pra pensar
O que também quero pra mim

Vivo espalhando o amor
Mas às vezes sinto também
Que preciso encontrar o meu
Pra me chamar de meu bem

Eu só quero
O que vivo a dá:
Uma alegria plena
Que nos (me) faça amar

E por aqui eu me calo
E também paro de chorar
Pois ainda tenho muito que refletir
Antes do meu choro secar.

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...