domingo, 11 de julho de 2010

Asas da Paixão


Asas da paixão

Fui novamente pra beira do cais
Esperar a embarcação chegar
Pensava que nela vinha minha paz
Mas Ela esqueceu de me visitar

Retorno pela grande ladeira
Olhando para o chão
Resfriando a fogueira
Acessa no coração

Passeio pela praça
Observando o pelourinho
Um jeito sem graça
Vagando sozinho

Você não vem
E fico eternamente a esperar
Sozinho aqui sem ninguém
E você do lado de lá

Vem pra cá
Grito no vento
Pra que talvez possas escutar
A dor desse sofrimento

Não demora
Vem nas asas da paixão
Porque na vida não tem hora
Pra escutar o coração

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...