quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Volta!


Volta!

De tão inconseqüente
Permiti você partir
E hoje meu coração sente
Que longe de você não irá sorrir

Hoje acordo sozinho
Lembrando do teu sorriso
E o nosso ninho
Já não se chama paraíso

Eu não conseguia entender
Antes de você me deixar
Que precisei teu amor perder
Pra saber que sempre iria te amar

Hoje converso com a solidão
Perguntando onde você estar
Já nem sinto o meu coração
Que resolveu de mim se ausentar

Um completo vazio
Tomou conta do meu peito
Já não sinto calor nem frio
Mas ter te pedido eu não aceito

Você levou minha alegria
Mas sei que tive o teu amor
Mas eu não tive a maestria
De todo dia cativar teu amor

Todos os dias em oração
Eu peço pra você voltar
E que dentro do teu coração
Eu ainda possa estar

Aprendi na tua ausência
O significado da dor
E como é viver em penitência
Longe do teu amor

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...