sábado, 22 de agosto de 2009

Luz e poesia pra um coração sofrido


Luz e poesia pra um coração sofrido

Hoje eu disfarço
Fingindo estar completo
Nego não sentir tua ausência
Mas confesso que a falta do teu amor
Tem se tornado uma grande penitência

Tento andar às vezes
De cabeça firme e erguida
Sem precisar olhar pro chão
Onde muitas passadas outrora deixei
Caminhos esses guiados pela sua mão

Juro que tento
Na solidão do meu vazio
Por ti nunca mais nessa vida chorar
Deus sabe o quanto eu tento isso transparecer
Mas esse sentimento que sinto não quer me abandonar

Hoje eu tento escrever
Sem deixar a saudade me dominar
Mas ela guia o meu coração numa poesia
Que não consigo nem suplantar nem medir
O tormento de sentir essa falta que me agonia

De tanto olhar pro infinito
Cheguei muitas estrelas contar
E lembrava que muitas delas já tinham morrido
Mas a luz e o poder de encantar ainda estavam presentes
Pois sempre existirá luz e poesia pra um coração sofrido.

Fernando Marques

Um comentário:

  1. Adorei,realmente para qm sofre e ama,sempre haverá esperança,pois o amor é lindo,não dor.
    ótima semana pra vc!

    ResponderExcluir

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...