sábado, 15 de agosto de 2009

Um dia chamou-se amor, outros dias coração


Um dia chamou-se amor, outros dias coração

Sentada a beira da calçada
A dor na sua solidão
Lembrando da compassada
Que tinha seu coração

Tristes eram os olhos da dor
Perdida na sua insignificância
Rugas de temor
Pela dor da sua ignorância

A dor tinha alegria
Pois era preciso ter
Equilibrando a metria
Que ninguém consegue ver

Lembro que essa mesma dor
Lembrando de tempos que não voltarão
Um dia chamou-se amor
Outros dias coração.

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...