domingo, 28 de março de 2010

Como Adoro


Como Adoro

Adoro quando minha mão atrevida
Passeia sobre teus caminhos
E você de prazer ficar absorvida
Com todos os meus carinhos

Adoro sentir tua pele me queimar
Quando teu corpo entra em ebulição
Adoro quando teu olhar vem me falar
Que é meu o teu coração

Adoro quando você troca meu nome
E me chama de amor
Adoro quando tua boca me consome
Sem pensar na palavra pudor

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...