domingo, 28 de março de 2010

Ainda Devo Essa Canção


Ainda Devo Essa Canção

Hoje vou tentar compor
A mais linda canção
Pois as lágrimas vieram me dizer
Como morro de solidão
E como é triste o meu “viver”

Hoje me olhei no espelho
E não consegui me encontrar
Minha imagem estava embaçada
Tentei o espelho limpar
Mas era minha face que estava apagada

Assim como a lua muda de lugar
Eu já não me sinto mais comigo
Ando perdido entre o passado
Que se faz meu pior inimigo
Por deixar meu coração aprisionado

Prometi nunca mais chorar
Mas minto quando a ação
Antecipa meus juramentos
E o aprisionado coração
Esfacela-se em questionamentos

Já a anunciada canção
Que outrora anunciei
Já não consigo começar
Pois sem condições eu fiquei
As lágrimas não param de jorrar

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...