quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Luxúria


Luxúria

Vejo tua natureza
E o tanto que ela é encantadora
Supra sumo da beleza
De uma musa inspiradora

Me perco em ti olhar
Extasiando-me em teus delineamentos
E a cobiça faz aflorar
Pervertidos pensamentos

Pro meu prazer te desnudo
Por não conseguir controlar
Um desejo que não se faz de mudo
Quando vens na minha volúpia passear

Quero ser o teu vento
Que te envolve sem pudor
Quero ser teu maior sentimento
Ao qual os amantes chamam de amor

Imagino o teu beijo
Sabendo que por ele terei devoção
E por tantas coisas que também desejo
Na minha profana imaginação

Te carrego pro meu leito
Antes mesmo de contigo sonhar
Pois no acordar o sonho será desfeito
Pois ao meu lado não vais estar

Mas posso te possuir
Nem que seja numa poesia
Assim meu desejo vem me vestir
Com tua presença que me contagia

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...