segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Desabafo


Desabafo

Estou no meio de uma tempestade emotiva
Daquelas que tanto podem nos fazer crescer como também morrer
Estou perdido entre labirintos que não escolhi andar
Mas o pior é me perder cada vez mais sem poder me conter

Ando a beira de precipícios que eu mesmo cavei pra me projetar
Mas ainda tento ter um pouco de esperança e vivo a torcer
Dizendo que essa fase um dia ou outro vai passar
Agora me cabe por dignidade ao meu interior me recolher

Quem sabe nele eu encontre a paz que tanto quero abraçar
Às vezes tento colocar em palavras o que sinto
Mas depurar essas palavras muitas das vezes me faz chorar
E quantas vezes pra fugir da verdade eu minto!

Escrever...me faz tanto mal as vezes que me falta o ar
As vezes chego a pensar que tudo que tinha que viver vivi
E que não tenho mais tempo pra uma nova vida recomeçar

Fernando Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pixinguinha, Chico Buarque, Noel Rosa, Luís Fernando Veríssimo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes....

Loading...